Como Investir no Próprio Negócio com o Viver de Lançamentos

Se você ficou sem crachá e está pensando em investir no próprio negócio, então a dica de hoje é para você.

Minha amiga Karyne Otto, do blog Viver Melhor Agora, lançou recentemente o curso Viver de Lançamentos, perfeito para quem quer investir no próprio negócio.

O objetivo deste curso é te ensinar como criar um infoproduto!

Como Investir no Próprio Negócio

Karyne Otto criou o Viver de Lançamento para investir no próprio negócio.
Karyne Otto criou o Viver de Lançamentos para te ensinar a investir no próprio negócio.

Em um passo a passo prático, a Karyne te ensina desde como fazer uma pesquisa de mercado até o lançamento do seu curso.

A proposta do Curso Viver de Lançamentos é ensinar a criar um curso online de sucesso em 15 passos e o melhor: sem investir em tráfego pago!

Ou seja, além de aprender quais os nichos mais necessitam de cursos, você ainda vai desembolsar quase nada para investir no próprio negócio!

Além de ensinar o passo a passo, a Karyne ainda realiza tudo na prática durante as aulas, criando do zero um curso sobre artesanatos.

O curso é composto por 15 módulos + um bônus. Se interessou? Abaixo estão os temas de cada um dos módulos, que vão te ajudar a investir no próprio negócio:

* Módulo 1 – Pesquisa de mercado, escolha do nicho e público alvo;
* Módulo 2 – Planejamento do projeto;
* Módulo 3 – Fazer roteiros e Aprender a criar aulas, mesmo sem aparecer nos
vídeos;
* Módulo 4 – Gravação e edição do conteúdo;
* Módulo 5 – Escolhendo as ferramentas para hospedar as aulas do curso;
* Módulo 6 – Identidade visual e materiais de divulgação;
* Módulo 7 – Escolhendo plataforma para a área de alunos fazendo o cadastro do
curso;
* Módulo 8 – Criar materiais de divulgação (Iscas digitais);
* Módulo 9 – Criar automação (e-mail marketing);
* Módulo 10 – Copy para Vídeos de Vendas e estratégias para o lançamento;
* Módulo 11 – Criando páginas de vendas;
* Módulo 12 – Como divulgar o conteúdo de lançamento e contactar afiliados;
* Módulo 13 – Criar materiais de apoio para afiliados;
* Módulo 14 – Aprender sobre tipos de links e fazer todos os testes;
* Módulo 15 – Lançamento (Abertura do Carrinho);
* Módulo Bônus – Suporte, métricas e administração do negócio.

Entrevista com Karyne Otto

Como se já não bastasse esse montão de novidades sobre o curso, encontrei a Karyne e entrevistei ela, gente!

A Karyne, que já trabalhava como afiliada, decidiu investir no próprio negócio e se tornou uma infoprodutora.

Isso resultou em um bom bate papo, onde trocamos algumas idéias sobre como investir no próprio negócio.

Porque você decidiu se transformar em uma infoprodutora, sendo que você sempre foi uma afiliada?

Eu já estava no mercado de afiliados havia algum tempo, e muitas pessoas começaram a me sugerir de eu lecionar cursos.

Com tantos pedidos, comecei a ficar com uma pulga atrás da orelha. Conversei com alguns profissionais e tive um feedback super positivo deles.

Então, comecei a estruturar a ideia de como investir no próprio negócio. Confesso que fiquei meio perdida no começo.

Tanto que o projeto demorou mais do que eu esperava. Justamente pela dificuldade que enfrentei no início.

No fim, acabei me encontrando. Eu amo ser afiliada, mas eu amei mais ainda ser uma infoprodutora.

Eu aprendi muito, conheci novas pessoas e foi a melhor forma que encontrei de investir no próprio negócio.

Qual é a diferença entre ser afiliado e ser um infoprodutor?

Existe uma leve diferença entre ser um infoprodutor ou um afiliado...
Existe uma leve diferença entre ser um infoprodutor ou um afiliado…

Quando você é um afiliado, você tem de encontrar um produto que se relacione com seu nicho de atividade.

Quando você é um infoprodutor, você quem manda! É você quem vai criar o produto que deseja colocar no mercado.

Além disso, você também ganha bastante credibilidade. Algumas coisas mudam nas cabeças das pessoas.

“Olha, ela tem um produto. Ela entende disso!”. Você ganha mais credibilidade perante o público.

Isso não faz de você melhor do que ninguém, mas você acaba sendo visto de uma outra maneira.

Um infoprodutor acaba se posicionando melhor como uma autoridade, porque além de
tudo, ele também tem mais chances de mostrar seu know how.

Uma outra coisa que te ajuda bastante ao investir no próprio negócio é receber os depoimentos de alunos.

É gratificante demais ver seus alunos falando dos métodos que aprenderam e dos profissionais melhores que eles se tornaram. Essa é a diferença mais tocante, para mim.

Quando vejo que uma pessoa vendeu, que mudou de vida, que ficou sem crachá e conseguiu se manter… levo isso como recompensa, por méritos ao investir no próprio negócio.

Quais as vantagens de ser um infoprodutor?

Tem infoprodutores que, de cara, já abrem afiliação – como foi meu caso.

Mas tem casos de infoprodutores que preferem não ter afiliados, para serem os únicos vendedores do produto.

Tem dias que eu, como infoprodutora, não vendo. No entanto, nesse mesmo dia, a Luana vende, os afiliados vendem e eu acabo ganhando com isso.

É muito legal porque você trabalha em um projeto que vai te gerar benefícios por muito tempo, além de pessoas também trazendo vendas para você.

Quando não se tem afiliados, você recebe tudo (valor integral). Se você vende com afiliados, você ganha metade, por exemplo.

Em termos comparativos, quando eu era apenas afiliada, eu ganhava X. Hoje, como afiliada e infoprodutora, eu ganho duas, três vezes mais.

Essa foi uma das vantagens que eu obtive ao investir no próprio negócio.

Dá para ser infoprodutor sem ser um afiliado?

Infoprodutor e afiliado: um completa o outro.
Infoprodutor e afiliado: um completa o outro.

Sim, é possível. Mas você precisa se dedicar muito e têm de estar com a mente aberta para isso.

Meu curso, o “Viver de Lançamentos”, é sobre ensinar você a ser afiliado do seu próprio
produto. Esse é o principal ponto.

Mesmo nunca tendo vendido produtos, você precisa saber vender o seu produto. Precisa ter postura de afiliado.

Produzir conteúdo de valor, manter-se sempre atualizado… essas características você precisa ter, independente te ser afiliado ou infoprodutor.

Esse é um curso que tem a proposta de ensinar, em 15 passos, como lançar um produto.

Se você seguir um passo por dia, você consegue lançar esse produto em 15 dias. Investir no próprio negócio vai muito da produtividade de quem está assistindo o curso.

O que as pessoas que já possuem muitos seguidores podem fazer para ganhar dinheiro?

Ganhar dinheiro com redes sociais é uma ótima maneira de investir no próprio negócio.
Ganhar dinheiro com redes sociais é uma ótima maneira de investir no próprio negócio.

Acredite, muitas pessoas me fazem essa mesma pergunta.

Eu vejo pessoas que tem fan-pages grandes, mas que não vendem nada. Eu recomendo a criação de produtos, porque é isso o que seu público quer.

Apesar de existirem opções gratuitas, as pessoas sempre querem mais. Elas querem pertencer a um grupo.

Quando você é autoridade em um assunto e tem um público na mão, corre atrás para investir no próprio negócio, porque você está perdendo tempo e dinheiro.

E aí? Gostou? Alguma dúvida, crítica ou sugestão?

Você pode comprar o curso Viver de Lançamentos, da Karyne Otto, clicando aqui.

E abaixo, você pode assistir o encontro que eu tive com a Karyne, contendo a íntegra desta entrevista:

Abs,

Eu.

5 (100%) 1 vote

Comentários

Comentários