Crie seu próprio site grátis em apenas 4 passos simples [TOTALMENTE GRÁTIS].

Neste artigo eu te mostro 4 passos simples para que você crie seu próprio site grátis.

No meio desta crise terrível que está assolando nosso país é difícil investir muito dinheiro em um negócio. Eu mesma considerei muitas possibilidades antes de iniciar meu negócio online. Pensei em lojas físicas, abrir um escritório de consultoria, pesquisei muitas franquias, mas tudo que eu pesquisava exigia muito investimento e eu não podia arcar com os custos.

Até o dia em que minhas pesquisas me levaram ao Marketing Digital.

moça pesquisando e relendo

Descobri que existem inúmeras formas de se Ganhar dinheiro na internet, que você pode ler nesse post aqui, sem falar nos incontáveis benefícios:

  • Você não precisa sair do seu emprego para começar um negócio online,
  • Utilizá-lo somente como fonte de renda-extra,;
  • Trabalhar em casa e cuidar dos seus filhos;
  • Ter mais flexibilidade de horário;
  • Levar seu escritório nas costas para onde você for;
  • Não precisar de crachá 😉

Tantas vantagens me ajudaram a tomar a decisão de ingressar nesse mercado, mas uma das coisas que mais me chamaram a atenção foi o baixíssimo investimento necessário para montar uma estrutura realmente funcional.

Eu sempre acreditei que para sermos bem sucedidos em qualquer coisa na vida, precisamos nos dedicar muito, trabalhar duro, pesquisar, estudar e aprender.

Como meu orçamento era limitado, minha decisão foi de investir meu dinheiro em conhecimento. Preferi gastar com cursos e utilizar o máximo que eu pudesse de recursos gratuitos para montar a estrutura inicial do meu negócio. Algumas ferramentas eu decidi comprar e abaixo eu explico porque, mas descobri que dá pra montar um site inteiro, sem gastar nadinha e ainda assim ter uma estrutura mínima pelo menos para começar. Então vou te mostrar esses passos para que você crie seu próprio site grátis.

Seu próprio site grátis

bolso vazio

E eu quero dividir o que aprendi com vocês. Basta seguir os passos abaixo:

  1. Selecione um sistema de gerenciamento de sites, como Blogger ou WordPress

Eu recomendo o WordPress porque hoje em dia é o mais amigável e é muito flexível também.  Dá pra personalizar tudo e é de graça.

  1. Contrate uma hospedagem.

A hospedagem é o serviço de armazenamento de um site e disponibilização constante dele na internet, ou seja, o serviço de hospedagem vai permitir que seu site seja visualizado 24 horas por dia em todo o mundo.

Eu também contratei uma hospedagem, pois achei que um investimento baixo por uma hospedagem mais confiável valeria a pena. Na época contratei o Hostgator e custou R$ 12,99/mês.

Existem hospedagens gratuitas que podem “quebrar um galho” enquanto você não puder pagar por uma, mas é importante que você tenha o seguinte em mente: plataformas gratuitas não são confiáveis. Elas podem sair do ar a qualquer momento e deixar você na mão.

A Hostinger (http://www.hostinger.com.br/) oferece hospedagem gratuita. Basta criar uma conta de hospedagem e contratar a opção gratuita para que você crie seu próprio site grátis.

  1. Registre um domínio

O domínio é o seu endereço online. É este endereço que você vai apresentar pras pessoas e um dos principais meios de você ser encontrado na internet será através dele.  Existem muitos domínios que podem ser registrados gratuitamente, mas as extensões deles não são comuns ou conhecidas. A maioria das pessoas conclui que a extensão de um domínio será sempre seudominio.com ou seudominio.com.br, mas nos casos dos domínios grátis, as extensões variam muito (seudominio.esy.es, seudominio.besaba.com, seudominio.zz.mu, entre outros). No próprio site de hospedagem é possível cadastrar o domínio.

No meu caso por exemplo, eu preferi pagar pelo domínio www.fiqueisemcracha.com.br. Achei que o custo x benefício valeria a pena e contratei pelo ano todo. Custou R$ 50,00/ano.

Após a contratação da sua hospedagem e do cadastro do seu domínio, vá até seu painel de controle e faça a instalação do WordPress.

A partir daí, seu site estará disponível para acesso na internet e você pode acessar sua área administrativa para configurar o site e deixá-lo atrativo para sua audiência, no endereço seusite/wp-admin.

  1. Customize sua plataforma com Temas e Plug-ins.

Existem milhares de temas e plugins gratuitos para WordPress muitos deles considerados como Premium.

Os Temas são a parte mais importante na construção da sua identidade online, eles fornecem uma estrutura pronta para o seu site e tudo que você precisa fazer é “preencher as caixinhas” com o seu conteúdo.

Já os Plug-ins são como “aplicativos” que você instala no seu site e eles te oferecem uma série de recursos, como por exemplo:

  • Disponibilizar os ícones das suas redes sociais nos seus posts;
  • Incluir páginas de vendas no seu site;
  • Criar uma caixa de contatos e direcionar para o seu email;
  • Manter capturas de emails em todas as páginas;

Dentre inúmeros outros recursos que farão seu site ficar muito mais profissional e navegável.

Pronto! Ao seguir estes 4 passos você terá seu próprio site grátis totalmente montado. Agora é mão na massa pra dar a ele sua personalidade e preencher as caixinhas com conteúdo de qualidade para que sua audiência se sinta confortável e queira te visitar sempre na sua casa nova.

E lembre-se, se você não tiver orçamento disponível para injetar nos seus negócios no início, você não precisa adiar seus planos de montar um negócio digital. Contrate serviços gratuitos, mas assim que seu trabalho começar a dar resultados, faça um investimento em plataformas pagas para que você tenha maior controle sobre seus negócios e possa elevar o seu nível de exigência pois quando obtemos um serviço de graça, esse nível precisa ser bem menor. Afinal de contas: “cavalo dado não se olha os dentes”.

cavalo sorrindo

Se você gostou deste artigo, cadastre-se na minha lista para receber conteúdos inéditos. Tenho muito conteúdo legal pra dividir com você.

Tudo de bom e até o próximo post.

5 (100%) 1 vote

Comentários

Comentários