Crise! Você sabe reduzir seus impactos?

Você sabe como reduzir os impactos da crise na sua vida? Eu te explico aqui..

A crise chegou e não há como negar.

sem dinheiro

Conheço muita gente que perdeu o emprego ou que pode ser demitido a qualquer momento. Quando as demissões começaram na empresa que eu trabalhava, e eu vi que a crise estava começando a impactar nas pessoas mais próximas a mim, comecei a fazer um plano de “contingência” e durante 5 meses eu me preparei para o pior.

  • Tirei o pé do acelerador,
  • Coloquei as contas em dia,
  • Reduzi gastos e
  • Me empenhei muito no trabalho,

Estas atitudes realmente fizeram toda a diferença pra mim quando fiquei desempregada. Pensando nisso, listei 6 dicas para você que está preocupado com a crise e quer reduzir os impactos terríveis que ela pode causar na sua vida e gravei um vídeo:

1 – Segure seu emprego, o máximo que puder

Cada dia trabalhado é um dia a menos desempregado, um dia a mais de salário.

2 – Coloque suas contas em dia e reduza seus gastos

Tente sanar suas dívidas ao máximo. Você não sabe quanto tempo a crise vai durar.

3 – Renegocie o que não puder cortar

Peça descontos, bolsas, ou redução por um período determinado. Seis meses é um bom prazo.

4 – Organize a papelada

Se você for demitido (ou já foi), é hora de pensar na burocracia.

Você tem direito a receber:

  • Salário, férias e 13º proporcionais
  • Fundo de garantia
  • Multa por demissão
  • Seguro desemprego

Cuidado para não perder o prazo do Seguro, são 120 dias a contar da data de demissão e você tem que agendar com antecedência.

5 – Analise suas finanças

Analise suas finanças para ter um panorama real da sua situação financeira e saber:

  • Durante quanto tempo conseguirá se manter fora do mercado de trabalho
  • Quanto pode investir num novo projeto.

6 – Planeje seu futuro

Você agora tem um mundo de possibilidades à sua frente. Aproveite seu tempo livre para pesquisar e viabilizar.

Utilizando estas 6 dicas, eu me estruturei para enfrentar a crise com dignidade, consegui manter minhas contas em dia, não me afundei em dívidas.

Procurei emprego durante um tempo, mas percebi que não havia oferta, então resolvi buscar outras alternativas para ganhar dinheiro e descobri o empreendedorismo digital.

Montei meu negócio online e recuperei minha independência financeira sem depender de chefe, carteira assinada ou de crachá. O investimento foi baixíssimo e consegui estruturar todo o meu negócio utilizando o valor do meu seguro desemprego.

Se quiser conhecer o curso que eu comprei para aprender o passo a passo, clique aqui>>> http://fiqueisemcracha.com.br/7d-negocio-online

Entretanto, tenho certeza de que se não fosse por esta organização que citei para vocês, mesmo que o investimento fosse baixo, talvez eu não tivesse dinheiro para investir no meu negócio online, por isso eu espero de coração que estas dicas te ajudem como me ajudaram.

Dica Extra: Mantenha-se motivado

O país está em crise e tem muita gente na mesma situação que você. O que pode te diferenciar dos outros é justamente a sua atitude.

Veja nesse post: 7 FORMAS DE GANHAR DINHEIRO MESMO ESTANDO DESEMPREGADO

Um dia desses, meu pai me disse uma frase que me marcou muito e quero dividir com você:

“É nos momentos de maior dificuldade que nos reinventamos e nos redescobrimos.”

Abraços, sucesso e até o próximo post!

Rate this post

Comentários

Comentários