Você está pensando em desistir do marketing digital?

Um dos maiores erros que um criador de conteúdo pode cometer é desistir do marketing digital!

Afinal, quando você desiste você perde a oportunidade de fazer dar certo.

Fracassos de Michael Jordan.

O jogador americano de basquete da NBA, Michael Jordan, tem a seguinte fala:

“Errei mais de 9.000 cestas e perdi quase 300 jogos. Em 26 diferentes finais de partidas fui encarregado de jogar a bola que venceria o jogo e falhei. Eu tenho uma história repleta de falhas e fracassos em minha vida. E é exatamente por isso que sou um sucesso.”

Michael Jordan fracassou, mas não desistiu.
Michael Jordan fracassou, mas não desistiu.

E essa fala me marca demais porque deixa claro que as suas chances de acertar são diretamente proporcionais às quantidades de tentativas e fracassos que você coleciona.

Muitas vezes eu me vi paralisada na hora de gerar qualquer tipo de conteúdo, até mesmo para o meu canal do YouTube.

Justamente porque o meu canal cresceu muito, porque eu me tornei uma excelente produtora de conteúdo para YouTube.

Eu mesma competia comigo e pensava eu não posso fazer nada com uma qualidade inferior a tudo que eu já fiz até hoje.

E não alcançar esses resultados poderia me fazer pensar em desistir do marketing digital.

Se você observar você vai ver que tem muito vídeo bom no meu canal do YouTube, mas também tem muito vídeo ruim!

Tem muito mais vídeo ruim do que bom.

Tem um monte de vídeos que deu muito certo e isso acontece porque tem muito vídeo lá.

Portanto, todas as vezes que eu deixo de fazer porque eu estou me desafiando e porque eu acho que não posso fazer nada que seja inferior aos melhores vídeos, eu estou deixando de me dar a oportunidade de errar, mas também de acertar.

Porque a gente acerta é no volume. É o volume que faz com que a gente acabe acertando.

Fracassos de Steve Jobs.

Outra referência que eu costumo usar é o Steve Jobs, que também tentou inúmeras vezes acertar e com isso ele fundou a Apple.

Steve Jobs fracassou, mas não desistiu.
Steve Jobs fracassou, mas não desistiu.

Foram tantos erros ocorridos ali dentro da Apple que ele foi demitido e, saindo de lá fundou outras duas empresas, uma delas é a Pixar e a outra uma empresa de software que posteriormente foi comprada pela Apple, fazendo com que ele voltasse para lá.

Na Apple novamente, Steve Jobs criou o iPod, o iPhone, o iPad.

Ele voltou para a Apple por cima da carne seca e isso só aconteceu porque ele errou, falhou, foi demitido, reinventou-se, se deu novas oportunidades e voltou.

Fracassos de K. Rowling.

K. Rowling, escritora da saga Harry Potter, teve a sua obra recusada por 12 editoras antes de conseguir publicá-la.

K. Rowling fracassou, mas não desistiu.
K. Rowling fracassou, mas não desistiu.

Ela tinha uma vida totalmente fracassada, tinha depressão, vivia de auxílio do governo, devia o aluguel, com um filho pequeno e sua persistência a fez se tornar uma mulher multimilionária e hoje existe até parque de diversões baseado nos livros dela.

Portanto, para remediar esse problema da desistência a gente se espelha em pessoas como essas aí acima sobre quem eu comentei/

Que têm histórias inspiradoras, que fracassaram e não desistiram por causa disso.

Que fracassaram, mas depois deram a volta por cima.

E isso não acontece somente com gente famosa, que é multimilionária, mas com pessoas como eu e você.

Pessoas que perderam o emprego, tentaram retornar para o mercado de trabalham, não conseguiram, começaram a pesquisar como ganhar dinheiro pela internet sem sair de casa e passaram a se reinventar.

Acontece! Mas para isso você precisa se dar chances e não desistir no primeiro obstáculo.

Ao invés de desistir a gente resiste! É assim que a gente faz!

 

Convido você conhecer o meu curso de Instagram: Insta para Afiliados, onde ensino do zero a trabalhar como afiliado profissional no Instagram.

 

Seja meu aluno no curso Insta para Afiliados. CLIQUE AQUI.

 

Conheça o Insta para Afiliados.